EM Presidente Tancredo de Almeida Neves

EM Presidente Tancredo de Almeida Neves

Institucional

NOME DA ESCOLA: EM PRESIDENTE TANCREDO DE ALMEIDA NEVES

DIRETOR (A): RENATA VITÓRIA DUGAIN

VICE-DIRETOR (A): CRISTIANE APARECIDA GIL GUIMARÃES

VICE-DIRETOR (A): CLÁUDIA HELENA MARCONDES SIGAUD

COORDENADOR (A): MARIA APARECIDA DE FÁTIMA ALBADO

COORDENADOR (A): EMERSON CRUZ MENDONÇA

SUPERVISOR FUNDAMENTAL (A): MARIA DO CARMO BENÍCIO OLIVEIRA NASCIMENTO

SUPERVISOR ENSINO MÉDIO (A): PAULO CELSO DE OLIVEIRA COELHO

SECRETÁRIO (A): RUBENS BASTOS NETO

AGENTE ADMINISTRATIVO: JULIANA GURGEL DE OLIVEIRA

QUANTIDADE DE ALUNOS: 1.165

ENDEREÇO: RUA RIO GRANDE DO SUL, 600 – CENTRO – UBATUBA – SP

TELEFONE: (12) 3832-6221

E-MAIL: em.tancredo@ubatuba.sp.gov.br e tancredose@ubatuba.sp.gov.br

coordena.tancredo@gmail.com

Patrono

TANCREDO DE ALMEIDA NEVES, nascido aos 04 de março de 1910, na Cidade de São João Del Rei, Estado de Minas Gerais, onde viveu a infância e parte da sua adolescência, até a conclusão do Ensino Ginasial, hoje o Ensino Fundamental. Mudou-se para a Capital do Estado, Belo Horizonte, onde estudou o Ensino Colegial, hoje Ensino Médio.  Ingressou na Universidade Federal de Minas Gerais, onde estudou Direito, formando-se Advogado.

Em 1.935 iniciou sua carreira política, elegendo-se Vereador em sua cidade natal, São João Del Rei, chegando à Presidência da Câmara.

Em 1937 foi preso sob pressão da Ditadura do Estado Novo.

Em 1938 assumiu o Cargo de Promotor Público, casou-se com a Sra. Risoleta Neves.

Em 1947 foi eleito Deputado Estadual pelo Partido Social Democrático (PSD), permanecendo até 1950, quando foi eleito Deputado Federal, permanecendo por 5 (cinco) legislaturas de 1951 a 1953 e de 1963 a 1978.

Sua carreira ganhou evidência a partir de 1953, quando o Presidente Getúlio Vargas o nomeou Ministro da Justiça de 1953 a 1954, quando enfrentou uma cerrada pressão contra as forças que desejavam depor o Presidente Getúlio Vargas, o qual praticou o suicídio, enquanto Tancredo Neves mostrava-se determinado a lutar em defesa da legalidade.

Com a morte de Getúlio Vargas em 1954, Tancredo articulou a candidatura de Juscelino Kubitschek à presidência do país de 1956 até 1960, embora sem mandato parlamentar, foi Conselheiro em assuntos políticos e econômicos, do então Presidente.

Em 1982, com a abertura política, a sociedade brasileira começou a organizar o movimento “Diretas já”, que propunha a eleição direta para Presidência da República.

Foi Governador de Minas Gerais de 1983 até 1984, quando renuncia para disputar a Presidência da República.

Em 15 de janeiro de 1985, foi eleito Presidente da República pelo Congresso Nacional com 480 votos contra 180 votos de Paulo Salim Maluf do PDS.

Sua vitória foi comemorada em todo o País, primeiro Presidente Civil depois de 21 anos, juntamente com seu Vice-Presidente José Sarney.

Um dia antes de sua posse marcada para o dia 15 de março de 1985, Tancredo Neves foi internado às pressas para uma cirurgia de urgência, veio a falecer 38 dias depois em 21 de abril de 1985.

Tancredo de Almeida Neves foi sepultado em São João Del Rei, sua Terra Natal, em 24 de abril de 1985.

/* * VLibras */