Implementação nos municípios através das formações oferecidas pela UNDIME em parceria com as DEs e SMEs. Esses encontros são mensais e são trazidos aos municípios pelos responsáveis pela implementação, localmente (gestores escolares e equipe técnica das secretarias).

Os municípios estão na fase de estudos da BNCC no que se refere aos percursos que facilitam a compreensão e consolidação de frentes como: educação integral, projeto de vida, direitos de aprendizagem, campos de experiência, grupos de trabalho, projetos, territórios, habilidades e competências, uso dos planos de aula e semanários, todos instrumentos vinculados ao Currículo.

BNCC – Currículo (diretrizes dos municípios) – Planejamento (Planos) – Semanário

O que o Currículo Paulista tem em comum com a Rede Municipal de Ubatuba?

Após a implementação da BNCC, uma das fases foi a construção de um Currículo, no caso o Currículo Paulista onde os municípios poderiam aderir. Ubatuba fez a adesão e participou da revisão, enviando a DE de Caraguatatuba um grupo de especialistas de diversas areas da rede municipal de educação. Analisamos por áreas, as habilidades e incluímos os pontos imprescindíveis em relação as características locais (sem alteração do conteúdo).

O Currículo Paulista será alterado aqui no município?

Sim, parcialmente. Através das formações e dos Grupos de Trabalho (GTS) teremos a oportunidade de analisar novamente o Currículo Paulista e incluir traços pertinentes a história e identidade de nossa rede através de alguns aspectos como: meio ambiente, territórios/multiculturalismo (quilombo, índios e caiçaras), tecnologia, acessibilidade/inclusão e diversidade.

Como serão organizados os grupos de estudos?

Os Gts serão formados por representantes da equipe técnica da SME (supervisores e coordenadores), Gestores (diretor e coordenador – primeiríssima infância, alfabetizadores e especialistas), professores (primeiríssima infância, especialistas, alfabetizadores e generalistas – Projetos escolares), representantes de territórios (quilombo, caiçara, indígena, imigrantes), parceiros de Parques, outras instâncias que desenvolvem a educação ambiental e os Conselhos Municipais ( CME, CMDCA, COMAS e CAE). Primordialmente, em todas as áreas de conhecimento, a inclusão será discutida e garantida, com as devidas adaptações curriculares (equipe Ciranda).

Qual o produto final desses grupos?

Primeiro identificaremos os projetos e as ações que são desenvolvidas nas UE, levantaremos os dados e depois os Gts analisarão o currículo paulista por área (cada especialista com sua parte), faremos inclusões, adequações e apontaremos as diretrizes pertinentes à nossa realidade local. O currículo terá que convergir entre o que já é feito (identidades pedagógicas) com as devidas inclusões (adaptações) à BNCC portanto ao Currículo.

 

Equipe responsável:

Diretoria Pedagógica – Eliana de Paula

Coordenação Ensino Fundamental – Leandro Caetano

Coordenação Educação Infantil – Karin Kavaliauskis

Gestão de Projetos – Joyce Souza

/* * VLibras */