Primeiríssima Infância e Equipe de Formação da Educação Infantil

Primeiríssima Infância e Equipe de Formação da Educação Infantil

Considerando a atuação do Programa São Paulo pela Primeiríssima Infância em Ubatuba, é importante informar que as formações realizadas com os professores da Educação Infantil do nosso município estão formatadas também para atender os objetivos do mesmo. Os grupos de professores são divididos pelos níveis de atendimento da Educação Infantil, o que facilita a reflexão acerca de cada fase de acordo com a faixa etária das crianças, além da reflexão o estudo, aprofundamento e mudança da prática docente para adentrar no universo infantil.

O tema da nossa primeira formação tratou das formas de registro e suas funções, seja para planejamento, comunicação do trabalho pedagógico, avaliação das aprendizagens, bem como para viabilizar a formação permanente. Por meio das diferentes formas de registro apresentadas os professores foram convidados a refletir sobre o quanto essa prática deve ser presente na rotina como facilitadora da compreensão do trabalho com as crianças, somente por meio deles será possível descobrir se os objetivos a serem alcançados estão presentes na prática docente ou se precisam de adaptações, o que ocorre sempre, pois tendo a criança como protagonista da sua aprendizagem, garante muitas surpresas pelo percurso.

Outro ponto importante das formações é que como os professores estão agrupados de acordo com os níveis que atuam, a linguagem que desenvolvemos com cada turma facilita sua atuação no dia a dia. Os trabalhos com professores dos berçários aborda peculiaridades do trabalho com bebê, a importância do afeto, do contato e acolhimento. Além de garantir a troca de experiências entre os professores, fortalecendo a comunicação da rede municipal e criando uma rede de atuação com propostas mais claras e coerentes.

Por fim ressaltamos que nossa proposta de trabalho na formação de professores é nos tornarmos, digo tornarmos, pois aprendemos junto a cada grupo que atuamos, a criar um olhar mais sensível, voltar a ser criança, para entender e fazer parte do mundo delas, para então garantir seus direitos de aprendizagem por meio da interação e da brincadeira.

Formadoras: Carolina Reinert e Renata de Paula