Bebês e crianças tem menos complicações pela COVID-19